terça-feira, 29 de março de 2011

quarta-feira, 23 de março de 2011

segunda-feira, 14 de março de 2011

A Canção Fantasma

''Acorde!
Sacuda os sonhos dos seus cabelos
Minha bela e querida criança
Escolha o dia e também o seu significado
A divinidade deste dia
A primeira coisa a ser vista

Uma vasta e radiante praia sob a fria pérola Lua
Casais correm nus sob o teu lado soturno
E rimos como uns acomodados, como loucas crianças
Mentes presunçosas pelo "algodão" da infância
As vozes e canções estão ao nosso redor.

Escolha aqueles que recitam as mais antigas
Pois aquele tempo irá voltar outra vez
Agora escolha, os que recitam
Sob a Lua
Na margem do antigo lago

Entre mais uma vez até a doce floresta
Em seus mais calorosos sonhos
e venha conosco
Pois tudo se rompe e começa dançar

Índios dispersos
Na madrugada da estrada em sangue
Espectros penetram nesta jovem criança
através de sua frágil mente, como uma casca de ovo''

sexta-feira, 11 de março de 2011

quarta-feira, 9 de março de 2011

quinta-feira, 3 de março de 2011

terça-feira, 1 de março de 2011